SOPHIA, pela D’As Entranhas Macau

sophia

SOPHIA, pela D’As Entranhas Macau

Biografia

Sophia é um espectáculo multimédia e transdisciplinar, realizado em tempo real, onde se fundem três vectores – palavra, som e imagem. Assenta numa linha dramatúrgica experimental e assume-se como uma instalação poética visual contemporânea. A concepção nasce do conto “A Viagem”, mas abarca outros textos da autora – ‘Dia do Mar’, ‘Coral’ e ‘Poemas de um livro destruído’. A vida e a morte, a revolta, o amor, o belo, a solidão, o mar, a ausência e o vazio reflectem-se num discurso plástico e sonoro interactivo, fragmentando o sentido explícito da palavra. Espectáculo criado por Vera Paz e Bernardo Amorim, interpretado por Vera Paz e Ricardo Moura.

D’As Entranhas Macau – Associação Cultural é uma estrutura de criação e difusão artística sediada em Macau e que reúne um conjunto de profissionais de diferentes áreas. Constitui-se como um espaço de acção cultural interdisciplinar que promove a investigação e a difusão da arte contemporânea através da produção de objectos artísticos, nomeadamente espectáculos teatrais, instalações multimédia e exposições.